Blog

NFC-e

sexta-feira, 3 novembro, 2017

O que eu preciso para emitir NFC-e no Programa WinCommerce?

A NFC-e (Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica), que já está disponível no Programa WinCommerce, e é uma das substitutas do velho conhecido cupom fiscal que é emitido através de uma impressora fiscal (ECF).

A NFC-e é suportada em todo o Brasil com exceção dos estados de Santa Catarina, Ceará e São Paulo.

Segue a lista de observações que você precisa ter para emitir agora sua NFC-e.

  1. Ter o programa WinCommerce instalado em seu computador;

  2. Ter uma inscrição estadual e estar credenciado no SEFAZ, com permissão de envio da NFC-e. Seu contador pode lhe auxiliar no credenciamento;

  3. Possuir um certificado digital, a Automatizze orienta seus clientes a usarem o certificado de modelo A1. Não nos responsabilizamos por instabilidades ou não funcionamentos causados pelo certificado A3;

  4. Possuir um código de seguranças do contribuinte – CSC, também conhecido como token, que é fornecido pela SEFAZ no ato do credenciamento para uso da NFC-e, ele é muito importante para a geração o QRCode da NFC-e;

  5. Estar cadastrado no Instituto Brasileiro de Planejamento e tributação (IBPT), para manter seus produtos atualizados com os valores de carga tributária e estarem atendendo a lei da transparência;

  6. Cadastrar seus produtos corretamente, informando o NCM e a Situação tributária de forma correta. Seu contador pode lhe auxiliar no cadastramento;

  7. Garantir o uso de equipamentos que atendam os requisitos mínimos necessários para impressão da NFC-e.

    • Computador com Windows 7 ou superior 32/64 bits, 4gb de memória RAM, processador Dual Core ou compatível;

    • Internet;

    • Impressora de bobina que suporte bobinas de 76mm até 82,5mm;

    • Impressora de bobina não pode ser ECF;

    • Impressora de bobina com suporte a Qrcode;

    • Impressa de bobina que sejam das seguintes marcas (Elgin,Daruma,Epson,Bematech);

ler completo


Investimentos X Resultados

quarta-feira, 25 fevereiro, 2015

Para muitos comerciantes investir em compra de equipamento e programas de automação comercial é algo inútil, pois o dinheiro pode ser gasto em compra de produtos ou melhoria da estrutura física da loja.

Grande engano para os dias atuais! Ter estoque e um bom ambiente de trabalho é obrigação para todos.

Hoje um investimento de R$ 5.500,00 traz um retorno, para quem não tem nenhum sistema de informática, de mais de 100% .

Como isso?

Podemos analisar em 2 aspectos simples:

1 – Tempo:

– Quem compra precisar ficar andando de um lado para outro para saber se tem a mercadoria, qual é o melhor fornecedor, se vai ter dinheiro para pagar quando a mercadoria chegar, etc…

– Quem cobra, precisa fazer análise de crédito, saber se pode ou não vender a prazo, no cartão de crédito, cheque, etc…;

– O cliente fica perdendo tempo, pois tem fila no caixa, estão procurando a mercadoria para saber se tem estoque, e vão atrás do gerente para dar o “Desconto” que o cliente pediu.

2 – Pessoas:

Para dar conta de tudo isso de forma ágil, precisamos de uma pessoa para cada setor do comércio, ou de pessoas que dividam a tarefa, ficando uma, normalmente sem saber o que a outra já fez;

Resultado:

Sem informatizar todos os processos da venda juntos, demoram entre 20 e 30 minutos, somados todos os tempos de todos envolvidos, informatizado, esse tempo passa a ser de 5 a 10 minutos.

Um ganho de tempo de 100% no mínimo. Como todos dizem que tempo é dinheiro, pegue as vendas feitas e divida com o custo do pessoal.

EX: Vendas R$ 100.000,00 / Pessoal R$ 10.000,00 = 10 (retorno por pessoa)

Se eu consigo aumentar as vendas em 100% com o mesmo pessoal.

EX: Vendas R$ 200.000,00 / Pessoal R$ 10.000,00 = 20 (retorno por pessoa)

Invista e tenha melhores resultados, converse conosco!

 

logonovo

 

ler completo

Página 1 de 1512345...10...Última »